quinta-feira, 3 de março de 2016

Querido diário, uma bagunça pra você:

Eu resolvi que eu quero escrever todo dia. Eu sei que não vai durar. Mas worth trying. A ideia é fazer um tipo de diário, que seja, juntas ideias, narrar alguma coisa. (vozinha dizendo it wont work). Talvez eu devesse me juntar a algum desafio literário, não sei. Ler mais ajuda. Não sei. Aqui é só um fluxo de pensamento nadando contra a corrente.


Hoje eu saí de casa e me senti orgulhosa por isso. Hoje eu vi gente nova e queria ter me conectado mais. Um passo de cada vez. Hoje eu comi  a melhor tapioca ever. Eu já estou cansada de escrever.

Vou tentar narrar, ver se dar certo. Preciso ler mais em português. Tenho esquecido as palavras. Preciso escrever mais inglês. Tenho esquecido a gramática. Preciso estudar alemão.

Desde que meu professor comentou eu percebo as linhas que o Mac faz nos meus pulsos. Estranho.

Hoje eu dormi mal e acordei cansada. A cabeça doendo, metade do dia tinha ido embora. Senti saudades de Brasília e de acordar cedo e ter dias muito longos e produtivos. Pedi pra minha irmã ligar pro almoço, não tinham mais opções boas. Me cansa as vezes como minha irmã não sabe resolver nada sozinha se eu estiver por perto. Saí sem tomar banho pra não me atrasar. Cheguei 2 minutos depois da hora marcada. Mas devia ter chegado antes, então foi um atraso.

Eu fui pra aula de caligrafia que me inscrevi. Fiquei feliz de ser selecionada entre 130 pessoas. Pequenas vitórias. Mas meu cabelo estava seco e esfarofado. Meu cabelo nunca vai ser hidratado, eu simplesmente não sei como. Eu fiquei um pouco frustrada na oficina porque não consegui furar o negócio da maneira certa. Cortei o dedo. mas no final foi legal de certo modo. Não sei ser simpática, não sei o nome de ninguém. Meus abraços são desajeitados e estão ficando cada vez mais.

Saí e comi a melhor tapioca, porém peguei o pior ônibus. Eu sabia que era uma escolha errada. Eu sempre caio nessas auto sabotagens. Minhas pernas doem de ter corrido ontem. Mas quero correr mais e correr de novo. Muitas coisas me preocupam mas ontem eu senti que poderia resolver tudo. Deve ser a endorfina no cérebro. Preciso de mais. Sábado vou sair com umas pessoas. Não quero, mas preciso. Espero que dê certo.