domingo, 13 de janeiro de 2013

Sweetie

Tem essa menina, que morava na mesma rua que eu, e de certo modo eu me via nela. Nós, inclusive, nos apaixonamos pelo mesmo garoto perdidamente, mas em épocas diferentes.
Até as roupas que eu já pensei em usar, mas tinha preguiça de descobrir onde vendia, ela usou.
Algumas coisas nela eu admirava, quase invejava até, mas guardei pra mim.
Essa menina posta fotos de final de semanas felizes, mas eu acho mesmo que ela não é.

Por causa desse garoto de muitos anos atrás, eu nos comparei algumas vezes, e secretamente, eu me sentia melhor. Por mais que eu tivesse pensando, uma vez ou outra, em certas coisas, eu nunca pareci tão perdida quanto ela. Talvez eu até seja, mas tudo que eu vejo naquela menina tão doce é um monte de tentativas de aprovação. E me pergunto se ela viveria assim se não comprasse tudo que compra, se não pagasse tudo que paga. 

E eu quero tanto tanto que ela seja feliz.

Um comentário:

Umáyra disse...

tentar se aprovado geralmente vem com dor... plenamente feliz não deve ser.