quinta-feira, 3 de junho de 2010

"Depois do terceiro ou quarto copo tudo o que vier eu topo..."

Errr... eu não tinha um bom título então preferi colocar um trecho da música que não sai da minha cabeça.
São 02:30 da manhã e tem uma parte fundamental do meu corpo que está doendo pacas. Está tarde,  amanhã é feriado  e eu posso fazer uma coisa que eu tenho feito todos os dias: acordar meio-dia com muito peso na consciência. Eu até posso, mas não devo. Tem trabalho de matemática na sexta, e pra variar eu tenho que tirar 6 pra passar. Sendo que esse trabalho vale 4 dos 6 pontos que eu preciso. E quem se importa além da minha mãe com isso? Ninguém. Mas existe todo um charme em estudar e ficar se queixando da escola. Eu acho que ninguém odeia de verdade, só fica dizendo isso pra se gabar um pouco. Tudo bem que eu realmente tenho que preocupar com matemática. Admito que tenho uma certa alegria em sair por aí me queixando de ter fazer um jogo em Pascal que use banco de dados. - "programando mal em Pascal e me achando. Noob é meu nome do meio xD -  Da um certo prazer abrir o livro de Eletrônica digital na fila do terminal da Parangaba, ver as pessoas olhando aqueles circuitos lógicos e, imagino eu, nem entendo nada. Elas devem me achar algum tipo de criatura fascinante - ou não- que estuda essas coisas "difíceis" no meio da fila. Que sou a pessoa mais estudiosa do universo transversal. Mal sabem elas que eu só abro o livro na fila mesmo pra impressionar -N

Já se passaram uma hora e eu quase não escrevi nada. Tava ali procurando umas músicas da Lady GaGa pra baixar, não é só de "música tristes" e MPB que se vive, afinal. Eu também estava ali no Twitter e o Pe Lanza estava no TTBr. Se você não usa Twitter- ou usa - e não sabe o que é  TT tudo o que eu posso dizer que é onde ficam os assuntos mais citados... No TTBr ficam os assuntos mais citados por usuários do Brasil. Mas aquilo ali é uma mer**. Sempre tem Cine, Justin Biber e outros caras coloridos. Eu queria muito não saber quem eles são, mas é impossível. Ainda mais quando você tem uma irmã de 13 anos que põe frase do Restart no subnick do msn. Esperava mais de você, Ariádna.

Ah, hoje eu também vi um garoto bem pequeno, ele deve ter uns 8 anos, mas nem cresceu muito. Ele me fez lembrar de etiquetas de roupa infantil. Fiz 17 anos mês passado, mas faz muito tempo que não uso roupas da sessão infantil que vai de 0 a 16 anos. Nem é só pq eu tenho uns quilinhos a mais. A minha vida toda eu nunca usei uma roupa de acordo com a idade da etiqueta. E nem conheço muita gente que tenha usado. Aos 10 eu usava as roupas de 16. Eu não sei onde eles se baseiam praqueles moldes. Ou então eles fazem aquilo pras mães e pais pensarem que o filho deles é maior que a média e ficarem orgulhosos. Eu nunca gostei dessa padrão de produto infantil pra crianças pequenas demais. Eu ficava meio mal aos 12 anos tendo que comprar roupas na sessão de adultos. Era tenso ser grande pras roupas de infanto-juvenis e ser "despeitada" demais pras roupas de adulto. Traumas a parte agora  eu já estou quase grande demais. 10 Kg até o fim do ano -N

Enfim, fui dormir.

Ps: Imagem pra Morgana e pro Slade. É isso que te espera ;)

2 comentários:

Robério Marques disse...

Ah! num é só você que abre o livro e finge que está estudando a materia mais dificil do mundo. Relaxa, a maioria de nós temos o Noob (se for o que eu entendi) como sobrenome.
rsrs,
Abração Gabi. E os episódios de TBBT só falta te encontrar pra te dar.. rsrs.
Aiai.

Morgana Gomes disse...

Euri.
Ah, eu usava roupas na sessão certa, quer dizer que sou desnutrida e minha mãe não tinha orgulho de mim? HUAIJSHUAS whatever. :b o slade nem é tão espaçoso assim e eu coloco limites ok. Tudo bem que um terço da cama é pra ele, sendo que ele é minusculo mas... s2s2
Mauany, nós perdemos. Peguemos nossas calças laranja e nossas blusas azul piscina e vamos arrasar na night HAHAHA viadjenhos (sntMP)