quarta-feira, 17 de março de 2010

" ...ainda tem um dia inteiro pela frente."

Você dorme tarde e não houve o despertador tocar. Então alguém lhe acorda faltando 30 minutos pra hora de sair. E você passa parte desses minutos pensando em como seria bom continuar deitada enquanto a chuva cai fraca do lado de fora da janela. Mas não, você não vai deixar a vida correr só pra você dormir. Então você corre pro banheiro e se depara com água que sai morna do chuveiro menos mal. Ainda faltam 10 minutos para as 6h da manhã e seu dia já começou. Você termina o banho correndo, veste o maiô, passa protetor, pega uma maçã e a come enquanto caminha até o ponto de ônibus. E vem um micro-ônibus, você vai ter que ir em pé. Aquela hora da manhã ele com certeza vai lotar ainda mais. Você terá que dividir o infímo espaço do corredor com outras várias pessoas que estão com a pior cara do mundo. Acordadas tão cedo para um dia de merda. E amanhã será a mesma coisa, e a mesma coisa até a sexta-feira. Vem o final de semana e tudo recomeça, de novo de novo e de novo. Sempre as mesmas caras de merda, as mesmas pessoas passando maquiagem, os mesmos óculos escuros, os estudantes relapsos que fazem a lição a caminho da escola. Sempre o mesmo. E você olha pra cara de cada e tenta lê -lhes os pensamentos. E então o caminho passa e o ônibus fica menos cheio. (não sem antes alguém pisar no seu pé e passar a mãe na sua bunda). E então você se despede daquilo, pois chegou a sua vez de descer. Ainda são 6h45 e você já está há muitos metros de casa. 
Você caminha pacientemente e vê várias pessoas que começaram o dia bem antes de você. E então você chega ao seu destino. E olha pra "imensa" piscina azul. Agradece por ela ainda estar azul e não verde, como o de costume a partir do meio do semestre. 
Então você entra na água e seus olhos já ardem. Mistura de sono com o alto teor de cloro. Pensa sobre óculos que você sempre promete procurar, mas nunca o faz. Agora você bate os braços e as pernas numa sincronia. O mais lento que consegue pra ir mais longe. "Devagar e sempre" E tudo funciona em uma cadencia, seus braços, pernas e a respiração. As bolhas que saem suavemente do seu nariz compõem a melodia, é pleno. Aí você se sente viva e percebe que não dormiria em paz sabendo que trocou toda uma vida por mais um pouco de sono.
São 8h da manhã, você já passou por um zilhão de coisas e ainda tem um dia inteiro pela frente.




Bye ;**

4 comentários:

Robério Marques disse...

Uma poesia! Aff Mauany, sem comentários! ;D Já comentando.

May Viana disse...

Tipo, eu cansei só de ler isso.
Acho q vou dormir um pouco...

Ei o legal é q 10min depois eu consegui entender a foto rsrs

Morgana Gomes disse...

O "nadar e nadar" fica poético falado por ti UHAJISHUAS
Adorei a foto, mas de primeiro achei que era uma mulher encostada num aquário. q

- Tucca ; disse...

Caraca, essa foto me deixou tonta :S O dia é longo pra quem acorda cedo e curto pra quem acorda tarde #descobrisozinha