quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Uncreative.

Olá Pessoas que eventualmente leem meu blog! Eu estava com uma saudade imensa de postar aqui, mas estava passando por um bloqueio criativo incontornável. A verdade é que ele não passou de fato, mas a saudade estava grande de mais para eu esperar criatividade pra publicar algo.
Já está ficando cansado isso de eu dizer que eu adoro ter um blog e estou superfeliz pela Morgana ter voltado a esse mundo de blogar coisas. E eu pensei, que mesmo com a falta de assunto consistente, esse é um momento bastante propício pra criar um post. São 1h da manhã, eu tenho uma prova potencialmente lascante amanhã e não estudei nada ainda xD. O melhor é que eu nem assisti a última aula antes da prova. Mas o assunto é Iluminismo e Revolução das Treze Colônias, assuntos que, de certo modo, já foram comentados suficientemente pra eu fazer uma prova er... prefiro não completar o raciocínio, sou meio supersticiosa :S
Enfim, uma das razões pra eu ter "sumido" daqui é que eu resolvi ficar longe da internet o máximo que eu pudesse. Eu sei que isso é uma bobagem sem fim ou não, e eu nem consegui ficar muito, mas me sinto estranhamente melhor. Acho que só não está sendo mais estranho do que quando eu inventei de parar de tomar Coca-Cola. Foram os 17 dias mais "diferentes" de 2008 e tudo se acabou numa mesa do Babalu com uma dessas cocas de máquina.
De resto tudo está no lugar. Eu estou fazendo natação porque gosto de fazer coisas que eu não sei. Além do que devo estar feliz, porque ouvi Yoñlu e não fiquei deprimida. Eu tinha prometido ser uma aluna menos relapsa, mas é o tipo de promessa que todo aluno se faz em começo de ano (no meu caso semestre) e definitivamente não cumpri até estar na iminência de prova final.
Ok. Acho que já deu pra amenizar a saudade. Ando meio estranha, mas prometo algo de certa "utilidade" e talvez, eu disse talvez, criativo.


Ao menos a imagem é criativa (?

Hasta la vista, babies.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

"Basta-me um pequeno gesto, feito de longe e de leve ....

...Para que venhas comigo.  E eu pra sempre te leve..."
Outro dia eu estava pensando nos seres anônimos dos meus sonhos. Pessoas que eu "nunca vi". Mas certa vez li em algum lugar, que só o meu subconsciente sabe, que o cérebro não é capaz de criar um rosto, ele usa imagens que ficaram armazenadas em algum lugar da memória que nós não temos acesso enquanto conscientes, ou algo assim.
Existem tantas pessoas que chamaram minha atenção pelas razões mais despropositadas. O homem na janela do outro ônibus, o garoto da rua vazia, a menina de cabelo esvoaçante, as bochechas, a cor do batom da mulher negra de olhos tristes. Cada pequena ou grande coisa que eu não sei. Que simplesmente ficou ali e que estará lá por um tempo que eu não determino, participando dos meus sonhos desvairados. E até mesmo os cachorros, os periquitos, o tigre que eu devo ter visto na tv.
De repente me pareceu engraçado que eu também frequento o sonho dos outros, até mesmo do Drew, tão longe daqui e que nunca me viu pessoalmente. Mais engraçado ainda é imaginar algum estranho dizendo:

 Fulano: Caramba, essa noite tive um sonho estranho.
Sicrano: Sério? Como foi?
Fulano: Não lembro direito, mas tinha uma menina que eu nunca vi na vida pulando numa cama elástica enquanto cantava uma música que eu nem sei cantar toda, mas ela cantou no sonho.
Sicrano: E tu não sabes quem é a menina?
Fulano: Não tenho noção!


 E eu talvez fosse a menina cantante que pulava. Num é legal?

Sei lá se é.



Até mais.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

:)

Hey!

Eu andei sentindo vontade de postar algo aqui, mas não havia um assunto do qual tratar. Minhas aulas começaram e meus dias já não tem tanta graça.
É. As aulas de Lógica de Programação tem seu encanto. Isso de Fluxograma parece um joguinho divertido com qual eu ainda não me diverti porque não respondi as atividades que o professor deixou pra responder em casa. Mas ando pensando nisso durante o sono e achado soluções -q

Nesses últimos dias eu tenho tomado bastante coca-cola e isso me deixa mais suscetível a falar besteiras e rir à toa. E a achar que meus ossos estão ficando fracos por tomar tanta coca.

Enfim, vocês sabia que os Coalas não bebem água? Eles tem a capacidade de tirar todo o líquido que precisa dos alimentos que consomem. Assim como a garça, a girafa, o rato e certas espécies de coelhos. O Pedro também não bebe água. Tem a capacidade de tirar todo o líquido que preisa da Coca-Cola.  Eu nem sei se isso é verdade, vi num blog qualquer. Mas pensei que esse tipo de inutilidade informação pode ser útil em algum momento da vida de alguém, eu sei lá. "Conhecimento nunca é demais".
 Isso pode ser útil também:
Como se sabe a que distância caiu um raio?
Para se chegar a uma distância aproximada entre o ponto em que caiu um raio e o local onde você está, comece a contar os segundos no momento em que o relâmpago (luz do raio) foi visto e pare quando ouvir o trovão (som do raio). Depois divida esses segundo por 3 e você terá a distância em quilômetros.




Eu estou com fome e tenho que ir pra aula. Foi bom falar com vocês.

Bye.